Recomendações para a escrita de textos dissertativos


Estas são algumas das dicas que do para meus alunos quando começamos as aulas de produção de textos e, às vezes, retomo durante as aulas mostrando exemplos em seus próprios textos. Vale a dica para todo mundo que deseja escrever corretamente e com qualidade.

Dicas de escrita para a dissertação

  • Ao produzir seus textos, prefira frases curtas. Períodos longos causam perda de foco. Entretanto, evite escrever frases curtas demais, pois o texto poderá apresentar outra falha, a da falta de ligação entre as frases e as ideias.
  • Evite sequência de palavras iniciadas ou terminadas pela mesma vogal, consoante, enfim, pelo mesmo som.

Primeiramente um paciente é socorrido por um atendente, que geralmente chama um médico.

Nesse caso," é melhor dizer: Com frequência, um paciente é socorrido por um auxiliar que, em geral, chama um médico.

  • Seu parágrafo inicial não deve começar com pois, já que não se explica ou se conclui nada no início de um texto, mas apenas no processo argumentativo. Deve-se, primeiro, situar o problema.
  • Não use onde indiscriminadamente. Essa palavra deve ser usada apenas quando se faz referência a lugar.

Estive em João Pessoa, onde nasci.

Se você for tentado a usar onde sem se referir a lugar, prefira em que, como em:

São concretas e suficientes as provas em que ela se fundamenta.

Também não confunda onde com quando, como em:

Nasci nos anos 70, onde houve a crise do petróleo.

O correto é:

Nasci nos anos 70, quando houve a crise do petróleo.

  • Jamais empregue aspas, travessões, parênteses, exclamações, reticências sem critério e abundantemente, como em:

Será possível que não exista alguém honesto (ético) que possa, sem dúvida nenhuma, "ser a nossa voz", ainda que com risco de ser criticado?! Procuremos esse candidato!

  • Não apresente generalizações que evidenciem a falta de reflexão:

Todo menor de rua é um futuro ladrão. Políticos são corruptos. Toda mulher dirige mal.

Quer saber como construir um texto nota 1000 no Enem?

cta-saiba-mais

Nenhum comentário :

Postar um comentário