Como trabalhar o tema da redação do Enem


fundaplub-medo-vestibular-668x313Nos últimos anos, a proposta de redação do Enem tem sido apresentada da seguinte maneira na prova:

A partir da leitura dos textos motivadores seguintes e com base nos conhecimentos construídos ao longo de sua formação, redija texto dissertativo-argumentativo em norma padrão da língua portuguesa sobre o tema O MOVIMENTO MIGRATÓRIO PARA O BRASIL NO SÉCULO XXI, apresentando proposta de intervenção, que respeite os direitos humanos.

Selecione, organize e relacione, de forma coerente e coesa, argumentos e fatos para defesa de seu ponto de vista.

Note, então, alguns outros pontos interessantes, além daqueles que já trabalhamos:

  • Em geral, há textos motivadores para nos auxiliar a entender o tema apresentado e a abordá-lo de forma criativa.
  • Devemos utilizar os conhecimentos construídos ao longo de nossa formação, construindo uma visão crítica sobre a questão em análise.
  • É exigida uma proposta de intervenção (que respeite os direitos humanos) para aquele problema apresentado.

Para que construamos uma redação completa, é fundamental adotarmos algumas estratégias. Trata-se de algo fundamental para que percamos "o medo do papel em branco", tão terrível para a maior parte dos candidatos:

  • Se a redação do Enem parte de uma situação-problema, é fundamental, primeiro, definir o problema da questão. Nem sempre é fácil conseguir isso. Pense, por exemplo, num tema como o da prova anulada 2009: "A valorização do idoso". É fácil perceber que a expressão "valorização do idoso" não traz, em si, nenhum problema explícito. A análise da coletânea, no entanto, permitia que deduzíssemos certo descaso da sociedade com a população que pertence a esse segmento. Portanto, a visão que o candidato deveria ter sobre o tema seria sobre a dificuldade da valorização do idoso.
  • A partir daí, cabe-nos pensar nas origens desse problema. Que razões de ordem histórica, social, econômica, política e cultural poderiam nos ajudar a compreender a existência desse problema? Nesse momento, é muito importante que o candidato acesse os conhecimentos desenvolvidos ao longo de sua formação acadêmica para dar profundidade e consistência à reflexão produzida.
  • Também é muito importante investigar as consequências dessa questão, entendendo, assim, como o ser humano tem reagido a esse problema, refletindo sobre as limitações que ele provoca e sobre a relevância social de sua eliminação.
  • Ao compreendermos a questão em análise, podemos construir uma proposta de intervenção, buscando alguma forma viável (concreta) de amenizar ou eliminar as dificuldades impostas por ela. Ninguém espera que, em apenas uma hora, o candidato seja capaz de desenvolver um projeto detalhado de ação: busca-se, na verdade, verificar se há no redator do texto uma postura ativa e crítica em relação à situação-problema apontada.

Atenção:
Não se deve, em hipótese alguma, copiar trechos da coletânea na redação. Ela deve servir como fonte de reflexão e inspiração, apenas.

Nenhum comentário :

Postar um comentário