Questões de concordância para treinar o Português


Depois de publicar duas pequenas listas de exercícios de concordância para quem fará provas sobre o asusnto, trago hoje uma sequência de xercícios ótimos para quem é professor e precisa preparar mais atividades para os alunos. Seja para usar em listas de exercícios ou mesmo nosplantões de dúvidas nos quais os alunos precisam praticar, os exercícios abaixo são perfeitos porque abordam os vários casos de concordância e suas excessões. Apesar da imagem abaixo dizer que a lista tem gabarito, farei apenas quando tiver um tempinho entre as novas postagens.

Acesse a lista 1 e a lista 2.

Lista de exercícios com gabarito

1) Assinale a alternativa correta quanto à concordância:

( ) a) Com total prazer, estudaria as literaturas francesa e inglesa.

( ) b) Todas as recomendações seguem anexo à carta.

( ) c) Comprou arreio e sela novas para o cavalo.

( ) d) É necessário a cautela para não feri-los.

( ) e) Aquele velho tinha o cabelo e a barba escuras.

2) Assinale a alternativa que preenche corretamente as lacunas:

"Depois de deixar .......................... alguns pontos, a exposição das teorias .............................. "

( ) a) evidente - tornaram-se satisfatória

( ) b) evidente - tornaram-se satisfatórias

( ) c) evidentes - tornou-se satisfatórias

( ) d) evidente - tornou-se satisfatória

( ) e) evidentes - tornou-se satisfatória

3) Opção incorreta quanto à concordância nominal:

( ) a) O bilhete e as cartas estavam anexos ao processo.

( ) b) Vão anexos os documentos.

( ) c) Seguem anexo as cópias.

( ) d) Os documentos devem ser enviados anexos à carta.

( ) e) Remetemos anexas as provas.

4) Assinale a alternativa incorreta quanto à concordância nominal:

( ) a) O narrador pulou longos páginas e capítulos.

( ) b) Ele pulou longos capítulos e páginas.

( ) c) Ele escreveu capítulos e páginas compactas.

( ) d) Ele escreveu capítulos e páginas compactos.

( ) e) Ele escreveu páginas e capítulos compactos.

5) Quanto à concordância nominal, preencha as lacunas das frases:

( ) a) …….. 15 toneladas de resíduos radioativos em tambores, ainda existe perigo de vaza­mento. (enterrado)

( ) b) Numa instalação ……… à usina nuclear de Angra I, há uma piscina cheia de água. (anexo)

( ) c) Fábio comprou para a piscina um filtro e um motor ………. .(blindado)

( ) d) Era talvez meio-dia e ................ quando fora preso. (meio)

( ) e) Os documentos dos candidatos seguiram ............... às fichas de inscrição. (anexo)

6.

Há muitas flores belas no mundo, e a flor de milho não será a mais linda. Mas aquele pendão firme, vertical, beijado pelo vento do mar, veio enriquecer nosso canteirinho vulgar com uma força e uma alegria que fazem bem. É alguma coisa de vivo que se afirma com ímpeto e certeza. Meu pé de milho é um belo gesto da terra. E eu não sou mais um medíocre homem que vive atrás de uma chata máquina de escrever: sou um rico lavrador da Rua Júlio de Castilhos.

(Dezembro, 1945. Rubem Braga)

"Mas aquele pendão..."

Suponha que o início desse período seja: "Mas aqueles...". Reescreva o período, fazendo apenas as alterações que se tornarem gramaticalmente necessárias.

Exercícios bônus

1. Leia:

1Apesar de não termos ilusões quanto ao caráter das nossas elites, existia uma certa resistência a essa espécie de niilismo a que o Brasil nos leva. 2Os escândalos na área financeira estão acabando até com isso. 3Fica cada vez mais difícil espantar os burgueses. 4Os burgueses não se espantam com mais nada. 5Alguns talvez se surpreendam quando ouvem um filho pequeno ou um neto repetindo uma letra dos Mamonas, mas nestes casos o espanto é divertido, ou pelo menos resignado. 6A necessidade de se ser absolutamente claro sobre que tipos de atividade sexual causam AIDS e como fazer para preveni-la acabou comqualquer preocupação da imprensa e da propaganda com o pundonor (grande palavra) alheio, embora ainda façam alguns rodeios. 7A linguagem ficou mais leve, ficamos menos hipócritas. 8Burgueses epatáveis ainda existem, mas o acúmulo de agressões a seus ouvidos e pruridos os insensibilizou e hoje, se reagem, não é em público.

Veríssimo, L. F. Conluio. Porto Alegre: Extra Classe, junho/julho de 1996. p.3

Observe as seguintes afirmações sobre concordância.

I. Caso a palavra alguns no 5º período fosse substituída por alguém, apenas dois verbos deveriam sofrer ajustes para fins de concordância.

II. Caso tivéssemos o burguês ao invés de burgueses no 8º período, quatro outras palavras deveriam sofrer ajustes para concordar.

III. Caso a sequência, da imprensa e da propaganda (6º período) fosse substituída por da mídia, o verbo façam (6º período) deveria sofrer ajuste para fins de concordância.

Quais estão corretas?

( ) Apenas I

( ) Apenas I e II

( ) Apenas I e III

( ) Apenas II e III

( ) I, II e III

2. Assinale a opção em que a concordância nominal indicada entre parênteses não é aceita pela norma culta:

( ) Aprecio a cultura e a história ......................................... (européia)

( ) Procure sempre comprar jornais e revistas ....................................(brasileiros)

( ) Esses meninos estão com os pés e as mãos........................................(sujas)

( ) Encontrei .................................... as cadeiras e o sofá. (reformadas)

( ) Essa professora contou-nos ........................................... lendas e contos. (antigos)

3. Assinale, a letra correspondente à alternativa que preenche corretamente as lacunas da frase apresentada.

_______desse jeito, as salas e os quartos do Educandário

_______muito mal_______a comitiva do Governador.

( ) Desarrumados - deixarão – impressionada

( ) Desarrumados - deixarão – impressionados

( ) Desarrumadas - deixará – impressionados

( ) Desarrumado - deixarão – impressionada

( ) Desarrumado - deixará – impressionada

4. Há muitas flores belas no mundo, e a flor de milho não será a mais linda. Mas aquele pendão firme, vertical, beijado pelo vento do mar, veio enriquecer nosso canteirinho vulgar com uma força e uma alegria que fazem bem. É alguma coisa de vivo que se afirma com ímpeto e certeza. Meu pé de milho é um belo gesto da terra. E eu não sou mais um medíocre homem que vive atrás de uma chata máquina de escrever: sou um rico lavrador da Rua Júlio de Castilhos. (Dezembro, 1945. Rubem Braga)

"Mas aquele pendão..." Suponha que o início desse período seja: "Mas aqueles...".

Reescreva o período, fazendo apenas as alterações que se tornarem gramaticalmente necessárias.

5. Explique gramaticalmente por que as frases de cada par seguinte têm "comportamentos" diferentes quanto a concordância.

Frase 1: Comida é bom.

Frase 2: Uma comida sem gordura é boa à saúde.

Nenhum comentário :

Postar um comentário